Criada e fundada por Ana Maria Pinto, a Novaterra, Associação Cultural Arte e Ambiente, foi concebida segundo uma visão alargada da realidade, que possa permitir ao ser humano a construção de pontes entre mundos distantes, que, uma vez em contacto, se fortalecem mutuamente. O principal objectivo desta visão é a reaproximação do ser humano à natureza.

Neste sentido vários projectos foram criados no âmbito dos cruzamentos disciplinares, entre eles, o Método Azul (educação artística e ambiental), o Classic meets Africa (música clássica e danças africanas), a Natureza da Voz (terapias e técnica vocal) e o Clube dos Poetas em Flor (literatura e composição musical).

A Voz, enquanto via de expressão, representa uma forte componente no trabalho desta nova associação. Veículo de expansão e auto-conhecimento, nela encontramos um ponto de encontro com a natureza, a nossa e a da terra.

Deste sentimento da Voz, nasceram quatro coros: o Coro da Novaterra, também denominado Oficina da Canção, cujo reportório é composto nos ensaios com a participação de todos, as Makawee, um coro feminino dedicado aos cânticos indígenas e africanos, as Kalindi, Coro feminino Juvenil e os Mensageiros da Natureza, um grupo de crianças que canta, dança e representa as forças da natureza.

Ao longo do ano são organizados ciclos de workshops, cursos, concertos e eventos como o Happy Days da Novaterra, que decorre a cada mudança de estação, com workshops e actividades gratuitas para crianças.

"A natureza é o único livro que oferece um conteúdo valioso em todas as suas folhas", palavras de Goethe que justificam e representam na perfeição a nossa vontade de descobrir e criar de mãos dadas com a Natureza.